Histórico e Perfil Corporativo

Home > A Companhia > Histórico e Perfil Corporativo

Perfil Corporativo

A companhia compra, cultiva, colhe e processa a principal matéria prima usada na produção de açúcar e álcool. Com relação aos resultados obtidos na safra 16/17, podemos destacar as seguintes informações:

  • Lucro Líquido de R$ 283,9 milhões;
  • Total de 19,3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar processadas.

A companhia possui quatro usinas em operação: São Martinho, em Pradópolis (SP), Iracema, em Iracemápolis (SP), Santa Cruz, em Américo Brasiliense (SP) e Boa Vista, em Quirinópolis (GO).

As usinas São Martinho, Iracema e Santa Cruz produzem açúcar e etanol enquanto que a Usina Boa Vista é dedicada exclusivamente à produção de etanol. Todas elas geram energia elétrica a partir da queima do bagaço da cana, garantindo autossuficiência e venda do excedente (exceto usina Iracema).

Topo

Histórico

A história do Grupo São Martinho teve início na Itália, no final do século XIX, quando integrantes da família Ometto imigraram para o Brasil. No interior de São Paulo, trabalharam unidos e perseverantes, pavimentando pouco a pouco uma trajetória de raro sucesso.

No sítio Olaria montaram seu primeiro engenho de cana-de-açúcar, em 1914. Já em 1932, na Fazenda Boa Vista, região de Limeira, a família produziu açúcar pela primeira vez.

Em 1937, a Usina Iracema foi comprada em Iracemápolis, município localizado no interior de São Paulo, e transformou-se em uma destilaria de álcool. Em 1946, a usina passou a fabricar açúcar também. Três anos mais tarde, os Ometto adquiriram a Usina São Martinho, situada na cidade de Pradópolis, distante cerca de 330 quilômetros de São Paulo, que se transformou em uma das maiores processadoras de cana do mundo.

Ao longo das décadas, as duas usinas cresceram e se modernizaram. Desde 2000, criou-se uma estrutura unificada para administrar o negócio de maneira cada vez mais profissionalizada, possibilitando novas oportunidades de investimento.

Desligamento da COPERSUCAR

Em 21 de dezembro de 2007, a controlada Usina São Martinho S.A. e os demais acionistas da Etanol Participações S.A. deliberaram quanto à cisão total dos ativos e passivos da Etanol Participações S.A., os quais foram vertidos para as empresas Usina Santa Luiza S.A. e Agropecuária Aquidaban S.A.

Até 31 de março de 2008, a Sociedade, sua controlada direta Usina São Martinho S.A. e sua controlada em conjunto indireta Usina Santa Luiza S.A. eram associadas à Cooperativa de Produtores de Cana, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo Ltda. - Copersucar (também denominada "Cooperativa"), cujo ato cooperado firmado entre as partes implicava na disponibilização imediata e definitiva da totalidade da produção de açúcar e álcool das empresas para a Copersucar.

Em 25 de fevereiro de 2008, a Sociedade, a controlada direta Usina São Martinho S.A. e sua controlada em conjunto indireta Usina Santa Luiza S.A., veio a público informar que seus Conselhos de Administração aprovaram a apresentação de pedido de desligamento do quadro de cooperados da Copersucar. O desligamento, nos termos do Estatuto da Copersucar, ocorreu no final da safra 07/08.

Os termos e condições do desligamento foram negociados mediante a liquidação ou assunção dos compromissos firmados perante a Cooperativa ou perante terceiros com a corresponsabilidade desta, originados até a data do desligamento, mesmo que sua conclusão ultrapassasse tal data. Ficou assegurado à Sociedade, sua controlada direta Usina São Martinho S.A. e sua controlada em conjunto indireta Usina Santa Luiza S.A., o direito de participação proporcional no resultado de ações indenizatórias movidas pela Copersucar, mesmo que concluídas após a data do desligamento.

Histórico mais Recente

Dando continuidade ao processo de expansão do Grupo São Martinho, em 2008, foi inaugurada a Usina Boa Vista, situada em Quirinópolis (GO), considerada uma das mais modernas do mundo por sua avançada tecnologia para a produção de etanol. Em junho de 2010, a São Martinho S.A. e a Petrobras Biocombustível S.A. (PBio) - subsidiária da Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobrás) - anunciaram uma parceria estratégica visando o crescimento na produção de etanol no Estado de Goiás, por meio das subsidiárias integrais do Grupo São Martinho "Usina Boa Vista S.A." e "SMBJ Agroindustrial S.A.". Através dessa parceria foi constituída uma nova sociedade denominada "Nova Fronteira Bioenergia S.A.", a qual controla a "Usina Boa Vista S.A." e a "SMBJ Agroindustrial S.A.". A PBio possui 49% da nova sociedade enquanto que a São Martinho S.A. detém 51% do controle.

Em abril de 2010, a São Martinho S.A. anunciou o acordo definitivo com a empresa norte americana Amyris Biotechologies Inc. e sua subsidiária brasileira Amyris Brasil S.A.. O acordo contempla a construção de uma planta química localizada na unidade São Martinho para a produção de farneseno para produtos químicos.

Em agosto de 2010, a São Martinho S.A. anunciou a primeira fase do projeto de cogeração na Usina São Martinho S.A. que contará com um excedente de energia para comercialização de 244.000 MWh já a partir da safra 13/14.

Em outubro de 2011, a São Martinho anunciou a compra de 32,18% da Santa Cruz - Açúcar e Álcool (Usina Santa Cruz) e 17,97% da Agropecuária Boa Vista S.A. A sinergia na área agrícola entre o Grupo São Martinho e a Santa Cruz foi de absoluta relevância para essa transação, o que deverá gerar ganhos de escala para o Grupo e diminuir custos logísticos.

Em 2014 a São Martinho concluiu a aquisição de 59,95% de participação adicionais na Usina Santa Cruz, atingindo a participação de 92,14%. Em seguida, em AGE realizada em 31 de outubro de 2014, a São Martinho realizou a incorporação da USC.

Em dezembro de 2015, a São Martinho anunciou a incorporação da participação da Petrobrás Biocombustíveis e minoritários, que era de 49,05%, na Nova Fronteira Bioenergia S.A. Em 23 de fevereiro de 2017 a Companhia finalizou o processo de incorporação.